Notícias

Nesta área vamos mantê-lo informado com as últimas notícias da wTVision

Retrospetiva da NAB 2017

A wTVision apresentou a sua nova geração de produtos na NAB (24 a 27 de Abril), em Las Vegas, e todas as novas versões foram recebidas com entusiasmo. O ChannelMaker-in-the-Cloud foi apresentado publicamente pela primeira vez e atraiu muitas atenções, bem como as restantes novidades: Studio CG V5, FootballStats CG V5, ChannelMaker V5, Media Tools e VVTR. As demonstrações sublinharam a capacidade e design da geração V5, que oferece novas possibilidades à indústria televisiva em todo o mundo.

“É sempre ótimo vir à NAB mostrar os nossos produtos e conhecer as novas tendências da indústria”, afirmou Mário Sousa, CEO da wTVision. “Esta edição foi particularmente importante para nós, porque estamos a mostrar a nossa nova geração de produtos e um sistema de playout totalmente alojado na nuvem. A reação dos visitantes foi extremamente positiva e é um sinal de que estamos no caminho certo. Podemos agora abordar o segundo semestre do ano com muita confiança e ambição, tentando mostrar as nossas soluções V5 e o ChannelMaker-in-the-Cloud ao maior número de pessoas possível, dentro da indústria.”

O novo framework de software foi desenhado para superar algumas limitações do passado e é o resultado de muitos anos de aprendizagem e conhecimento acumulado. Vem com um novo e rejuvenescido interface, muito mais intuitivo. Tal como os restantes produtos e serviços da wTVision, a geração V5 é muito flexível e permite uma integração completa e fácil com todos os produtos da empresa e um conjunto alargado de produtos de terceiros.

O ChannelMaker-in-the-Cloud, alojado na Amazon Web Services, sequencia e toca clipes previamente subidos para o Amazon Simple Storage Service, misturando-os com grafismo 3D e codificando tudo para uma transmissão que é enviada para um centro de distribuição de canais. Os testes bem sucedidos demonstram o poder das ferramentas multi-funções da wTVision, que permitem que uma estação local de media seja automaticamente detetada pelo Media Agent da wTVision e subida para a Amazon sem intervenção do utilizador, ficando imediatamente disponível para sequenciação. A flexibilidade do ChannelMaker, que permite a emissores televisivos e produtoras criar, otimizar e expandir um canal, com facilidade, vai agora entrar numa nova fase na qual a portabilidade será chave.


Maio 2017

Notícias Relacionadas